sexta-feira, 6 de junho de 2014

Nunca diga para uma pessoa: "Você não sabe de nada!"


Vivemos em um mundo globalizado, no qual as pessoas têm a oportunidade de experimentarem dos benefícios intelectuais que estão à sua disposição. Numa era em que a própria rede mundial de computadores, a internet, com sua praticamente infinita gama de dados, verte, sem parar, informações e conhecimentos, os seres humanos, sabendo utilizar bem essa potencialidade cibernética, vai-se moldando teoricamente. Ademais, não devemos subestimar as capacidades que cada um desenvolve na vivência e experiência de cada dia.

Ninguém (humano) sabe de todas as coisas. Mas também ninguém ignora todas as coisas. Isto quer dizer que temos conhecimentos diferentes, sabemos de umas coisas, enquanto outros sabem de outras. E, às vezes, também comungamos do mesmo saber. Portanto, nunca diga para alguém: "Você não sabe de nada!"; porque você não sabe nem imagina os efeitos negativos sobre a mente de quem ouve esse tipo de palavra. 

Todos nós somos importantes. Caso contrário, as Escrituras não teriam avalizado Gênesis 1.27: "Criou Deus, pois, o homem [o ser humano] à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou" (grifo meu). Portanto, jamais menospreze o seu semelhante, por mais que ele seja diferente ou averso de você.

João Paulo M. de Souza

Nenhum comentário: