domingo, 10 de fevereiro de 2013

A crítica de Paulo à ideologia exclusivista dos coríntios e uma análise sobre esse temerário pensamento


A igreja em Corinto foi bastante elogiada por Paulo (1 Co1.1-9). Porém, pelo que dar a entender de sua primeira carta, abrigava, não todos os irmãos, um espírito exclusivista em sua consciência parcialmente cristã, um tipo de sentimento de superioridade diante de outros irmãos em Cristo. Ao que foram repreendidos pelo apóstolo: "Porventura, saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós?" (1 Co 14.36).

Em 1 Coríntios 14.36, é bem verdade que Paulo está, pelo contexto imediato, falando sobre os dons espirituais, o amor e a usança desses dons (1 Co 12, 13 e 14). Entretanto, o que está em questão aqui é o fato de muitos irmãos coríntios acharem que eram a "fonte" da Verdade ou que esta Verdade tivesse vindo só para eles: "Acaso a palavra de Deus originou-se entre vocês? São vocês o único povo que ela alcançou? (1 Co 14.36, NVI).

Assim como muitos crentes de Corinto, muitos de hoje se gabam de serem cristãos desta ou daquela igreja, sem, contudo, levarem em conta que Cristo morreu por todos (Jo 3.16). Nenhuma denominação, por mais organizada, rica e famosa que seja, salva alguém. Somente quem salva é Jesus Cristo: "Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que se havia perdido" (Lc 19.10).

De forma alguma, estamos subestimando a importância das denominações, pois são essenciais para o desempenho da Igreja de Cristo na Terra. Na verdade, a Igreja, o Corpo de Cristo, é a agência de Deus entre os homens! Porém, devemos tomar o devido cuidado quanto à certas denominações, posto que adulteram os fundamentos da Palavra de Deus. Quanto a elas, não merecem a nossa estima.

Conclusão: devemos, a todo custo, largar mão da ideologia exclusivista, já que não originamos a Palavra, nem tampouco Ela veio apenas para nós outros. Foi Deus que, pela Sua infinita misericórdia, consagrou-nos ao "novo e vivo caminho... pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus" (Hb 10.20, 21).

Em Jesus,

João Paulo M. de Souza

Nenhum comentário: