domingo, 30 de dezembro de 2012

O irmão de carne de Jesus condena o fazer acepção de pessoas



Tiago 2:1-13

Meus irmãos, como crentes em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, não façam diferença entre as pessoas, tratando-as com favoritismo (v.1); 

Suponham que na reunião de vocês entre um homem com anel de ouro e roupas finas, e também entre um homem pobre com roupas velhas e sujas (v.2);

Se vocês derem atenção especial ao homem que está vestido com roupas finas e disserem: "Aqui está um lugar apropriado para o senhor", mas disserem ao pobre: "Você, fique de pé ali", ou: "Sente-se no chão, junto ao estrado onde ponho os meus pés" (v.3);

Não estarão fazendo discriminação, fazendo julgamentos com critérios errados? (v.4);

Ouçam, meus amados irmãos: não escolheu Deus os que são pobres aos olhos do mundo para serem ricos em fé e herdarem o Reino que ele prometeu aos que o amam? (v.5).

Mas vocês têm desprezado o pobre. Não são os ricos que oprimem vocês? Não são eles os que os arrastam para os tribunais? (v.6);

Não são eles que difamam o bom nome que sobre vocês foi invocado? (v.7);

Se vocês de fato obedecerem à lei real encontrada na Escritura que diz: "Ame o seu próximo como a si mesmo", estarão agindo corretamente (v.8);

Mas se tratarem os outros com favoritismo, estarão cometendo pecado e serão condenados pela Lei como transgressores (v.9);

Pois quem obedece a toda a Lei, mas tropeça em apenas um ponto, torna-se culpado de quebrá-la inteiramente (v.10);

Pois aquele que disse: "Não adulterarás", também disse: "Não matarás". Se você não comete adultério, mas comete assassinato, torna-se transgressor da Lei (v.11);

Falem e ajam como quem vai ser julgado pela lei da liberdade (v.12);

Porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo! (v.13).


Nenhum comentário: