terça-feira, 18 de dezembro de 2012

A Igreja de Cristo não engole sapo: ai dos adulteradores das Escrituras Sagradas


À semelhança da época do profeta Isaías, estamos vivenciando tempos difíceis. Tempos estes que muitos  preferem, voluntariamente, o pecado aos valores decentes e cristãos: "ao mal chamam bem e ao bem, mal! Que fazem da escuridade luz, e da luz, escuridade, e fazem do amargo doce, e do doce, amargo!" (Is 5.20). Deus, para os iníquos, é deixado de lado. Entretanto, como não dorme nem tosqueneja (Sl 121.3, 4), o Santo tomará as devidas providências.

Na última postagem deste blogue, noticiamos a edição da Bíblia Gay (isso mesmo que você leu!), mais conhecida como "Bíblia Rainha James". O que me chama a atenção nessa atitude infeliz por parte de pessoas desprovidas do Espírito Santo, é o fato de essa horrorosa versão bíblica (bíblica?) ter sido modificada, isto é, os que participaram de sua elaboração transmudaram vários textos, sobretudo aqueles que, segundo eles, são "homofóbicos".

Será que a vontade humana deve prevalecer sobre a divina? É óbvio que não! No entanto, esses ativistas querem, a todo custo, "enfiar" goela abaixo do povo de Deus suas depravadas heresias. Porém, o Guarda de Israel não dorme nem cochila (Sl 121.3, 4). No tempo certo, o Senhor dará o justo pagamento a esses homens e mulheres corruptos de entendimento: "Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também colherá" (Gl 6.7).

Será que, antes de editarem essa indecente bíblia, essas pessoas não leram o que diz Apocalipse 22.18, 19? 

"Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; e, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida e da Cidade Santa, que estão escritas neste livro."

Reitero o que diz Gálatas 6.7: "Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem [ou mulher] plantar, isso também ceifará". Trocando em miúdos: quem planta corrupção colhe corrupção, e vice-versa.

Resumindo tudo, jamais a Igreja do Senhor engolirá sapo de quem quer que seja! 

João Paulo M. de Souza

Nenhum comentário: