segunda-feira, 27 de agosto de 2012

"Explicando o sentido" da Lei de Deus


Muitos "ensinam", mas poucos explicam o sentido correto daquilo que lecionam. Será que não tem sido assim com as prédicas cristãs de nossos dias? Nos púlpitos ou nas grandes tribunas, muito se fala, quase nada se explica.  Onde estão os verdadeiros mestres? Onde podemos encontrar aqueles e aquelas que, verdadeiramente, escavam no solo do conhecimento divino, em busca da sabedoria celestial?

Todos que laboram na seara do Senhor devem saber de que, para se alcançar um bom resultado no ensino, não basta apenas estudarem, mas é indispensável o estudo entusiasmado, sistemático e responsável das Escrituras Sagradas. Atitude esta que, infelizmente, tem sido encarada com negligência por muitos "mestres".

Para exemplo nosso, observemos Esdras e outros levitas, esmerados ensinadores. Estes homens de Deus, ao ensinarem a Lei ao povo, o faziam escorreitamente: "E leram o livro, na Lei de Deus, e declarando e explicando o sentido, faziam que, lendo, se entendesse" (Nm 8.8). Na última parte de Neemias 8.9, está escrito: "[...] todo o povo chorava, ouvindo as palavras da Lei". Por que todo o povo reagiu às palavras dos levitas? Simples: porque compreendiam o que estava sendo dito.

Reflitamos profundamente sobre esse pequeno texto.

João Paulo M. de Souza

Nenhum comentário: