sexta-feira, 6 de julho de 2012

Como deixar o seu blog "glamouroso"


Isto é ponto pacífico na blogosfera cristã: uma boa parte dos blogueiros amam, para não dizer  que adoram - sem ao menos se importarem com a saúde espiritual de seus leitores - o aumento ao número dos visitantes ao seu nicho eletrônico, além de fomentarem comentários um tanto infelizes em suas páginas virtuais.

Pensando na lambança de alguns blogues, arrolarei, para quem quiser seguir no mesmo caminho que palmilham os "venenosos", aliás, "glamourosos" blogueiros evangélicos inseridos no mundo virtual (deixamos bem claro que há excelentes blogs), três "dicas" importantes. Eis as "benditas":

"Fale 'só' sobre temas polêmicos, de preferência sem apoio bíblico." Já observou como alguns blogueiros cristãos adoram chamar a atenção dos internautas por intermédio de polêmicas estratosféricas, as quais contêm o mesmo princípio das que Paulo alertou a Timóteo (1 Tm 1.3, 4)? Parece-nos que, para aqueles, as Escrituras Sagradas não são a fonte primacial de Deus, digna de toda a nossa aceitação (1 Tm 1.15; 4.9; 2 Tm 3.16, 17; 2 Pe 1.20, 21; Hb 4.12).

"Critique explicitamente os seus desafetos". Existe um ditado popular que diz que "quem com porcos se mistura, farelo come". Pois é... Por aí tem gente andando com quem não deveria (1 Co 15.33) e comendo o "farelo" da contenda... (Gl 5.19, 20; 2 Sm 15.1-6). Aliás, o proverbista deixa bem claro: 

"Sem lenha, o fogo se apagará; e, não havendo maldizente, cessará a contenda. Como o carvão é para o borralho [brasa, ARA], e a lenha, para o fogo, assim é o homem contencioso para acender rixas" (Pv 26.20, 21).

"Em seu blog, apenas discorra sobre o que os incautos, os carnais, os caídos espiritualmente etc. gostam de ler e ouvir." Bem diferente dos que adoram a Deus (Lc 24.52), amam a Bíblia (Sl 40.8) e prezam pela edificação da Igreja de Cristo (1 Co 12-14), os blogueiros calculistas vertem, sobre seus próprios posts e sobre o coração dos que lhe apoiam, o veneno do relativismo, oriundo de ideias alheias a Deus, originárias de sua "carnal compreensão" (Cl 2.18).

Enfim, existem outros meios de deixar o próprio blog "glamouroso"... - esse "glamour" eu não quero nem de graça! (Risos). Por isso, achamos por bem deixar à disposição dos "ilustres" blogueiros (acreditamos que alguns lerão esta postagem) a continuação de suas "quentes" imaginações:

"Se alguém ensina alguma outra doutrina e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, contendas de homens corruptos de entendimento e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho. Aparta-te dos tais" (1 Tm 6.3-5).

No Senhor,

João Paulo M. de Souza

3 comentários:

cristianismo disse...

Querido irmão,gostaria muito de tê-lo como seguidor do meu blog www.mensageirasdaressurreicao24x7.blogspot.com Já sigo o seu blog abençoado. E admiro muito o seu modo de focalizar os temas bíblicos. Paz!

António Jesus Batalha disse...

Há algum tempo que não visitava o seu blog, hoje encontrei-o e demorei algum tempo a ver o que escreveu, fiquei maravilhado pois pode ver como está se preocupando com o próximo. Continue a proclamar o bom nome de Jesus e a edificar exortar e consolar os corações daqueles que precisam de Jesus. Sou feliz porque sei que nos iremos encontrar um dia, e receber o galardão dos nossos feitos.

João Paulo M. de Souza disse...

Caro irmão Antônio, a paz do Senhor!

Obrigado pelo incentivo!

Quando da edição deste blog, tínhamos em mente a edificação da Igreja e o engrandecimento da Trindade Divina. Acreditamos que estamos no caminho certo.

As Escrituras Sagradas devem ser o nosso cicerone (Sl 119.105).

Em Cristo,

João Paulo M. de Souza