sábado, 23 de junho de 2012

O "grande peixe" do século XXI é o SAMU?


Mais uma "pérola" dos "aterrorizadores" cristãos (cristãos?!): "As viaturas do SAMU são as 'baleias' de Deus para engolir os desobedientes de hoje". Os que dizem ou concordam com isso têm uma imaginação muito criativa, não? No entanto, sucintamente, neste post discorreremos sobre essa ameaçadora comparação (meu Deus!).

"O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (no Brasil também SAMU 192) é um serviço de atendimento médico, utilizado em casos de emergência. Foi idealizado na França, em 1986 como Service d'Aide Médicale d'Urgence — que faz uso da mesma sigla "SAMU" — e é considerado por especialistas como o melhor do mundo. Em alguns idiomas, o termo Samu significa Serviço de Atendimento Médico de Urgência. No Brasil, é oferecido pelo governo federal brasileiro, em parceria com governos estaduais e prefeituras, com a finalidade de prover o atendimento pré-hospitalar à população." [1]

Para a nossa tristeza e horror dos que não leem a Bíblia sistematicamente - pois, se assim o fizessem não cairiam na rede do engano -, alguns incautos andam propalando que "as baleias" do século XXI são as viaturas do SAMU. Com isso, tentam amedrontar alguns irmãos que, conforme a ótica daqueles, andam desleixados e negligentes em suas igrejas. Parece-me que, além de afirmarem esse disparate, a vontade dos profetizadores é que a desgraça alheia seja uma realidade! Pelo jeito, esses prognosticadores são seguidores de Tiago e João (Lc 9.51-55). Será que eles não sabem de que "o Filho Homem não veio para destruir as almas dos homens, mas salvá-las" (Lc 9.56)?

Não queremos anular a verdade de que Deus castiga àqueles que ama (Hb 12.10, 11; Sl 119.71). Mas também não podemos "ameaçar" o nosso semelhante, utilizando-se, para isso, das Escrituras Sagradas. Estas devem ser analisadas de forma responsável, para se evitar desconchavos teológicos (Ne 8.8).

Em nenhum momento, devemos desejar a desgraça dos outros, até mesmo a dos nossos inimigos (Mt 5.44), mas, na medida do possível, devemos imitar a Cristo: "Porque também Cristo padeceu pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus" (1 Pe 3.18). Agindo assim, a coroa da justiça nos estará guardada pelo "Senhor, justo juiz" (2 Tm 4.8).

Diante do exposto, leiamos a Bíblia com seriedade, e não perpetuemos as crendices dos "aterrorizadores de Cristo". E nunca pensemos e consideremos que um "simples" erro teológico seja desprezível aos nossos olhos:

"Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação; porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo" (2 Pe 1.20, 21).
__________________________
[1] WIKIPÉDIA. Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. 18 maio 2012. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Servi%C3%A7o_de_Atendimento_M%C3%B3vel_de_Urg%C3%AAncia. Acesso em: 23 jun. 2012.

Nenhum comentário: