domingo, 13 de maio de 2012

Como reconhecer um fariseu

Quer saber como descobrir se você está lidando com um fariseu? Basta atentar para o que ele sempre gosta de dizer, além, é óbvio, de observar os seus procedimentos hipócritas. Indubitavelmente, esse dito-cujo "adora" engradecer-se.

A seguir, observe algumas expressões de "fariseus".

"Quando eu prego, o Céu se abre!" Você já ouviu essa assertiva da boca de alguém? Sem dúvida, essa pessoa está contaminada pelo farisaísmo.

"Eu já li mais de quinhentos (quinhentos!?) livros de Teologia". Quem é humilde não provoca o toque da trombeta dos outros para si mesmo (Mt 6.2), nem tampouco vive mentindo para os seus pares... Certa vez, ouvi a expressão acima (em negrito) de alguém que se diz pastor e também é famoso. Mas, para nossa tristeza, ele adora esplalhar heresias por onde passa - Meu Deus!

"Quando eu oro, Deus derrama poder!" Será que Deus só derrama poder quando esse tipo de irmão ora? Para dizer a verdade, tenho as minhas dúvidas: "Ainda que o Senhor é excelso, atenta para o humilde; mas ao soberbo, conhece-o de longe" (Sl 138.6). Entendeu este versículo? Deus não tem comunhão com arrogantes!

"Eu sou um dos mais (ou o mais) assíduos nos trabalhos da igreja em que congrego". Ir à congregação é dever de todo crente (Hb 10.25). O rei davi, por sinal, disse: "Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do SENHOR!" (Sl 122.1). Indiscutivelmente, estar na casa de Deus é maravilhoso, mas ficar desvalorizando os outros só porque estes não são "assíduos" na igreja, é paspalhice (Fl 2.3). Leia Lc 18.9-14.

Notou que os hipócritas se valem, geralmente, do pronome "eu" (às vezes do "nós") para se autocondenarem? Acerca do farisaísmo, existe um sem-número de outros exemplos.

No Senhor,

João Paulo M. de Souza

Nenhum comentário: