ADMOESTAÇÃO

ADMOESTAÇÃO

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Anjos: devemos adorá-los?


Não é de hoje que a adoração aos anjos é rechaçada pelos genuínos servos de Deus, pois, ao longo das histórias bíblicas e até mesmo durante o período dos Pais da Igreja, esse tipo de culto foi condenado veementemente. Portanto, em poucas palavras, e utilizando-me das próprias Escrituras Sagradas, apenas transcreverei alguns versículos acerca do que estas dizem sobre o tema abordado. Porém, no final do post, ressalvarei outra importante verdade bíblica.

"Eu João, sou aquele que vi e ouvi estas coisas. E, havendo-as ouvido e visto, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava para o adorar. E disse-me: Olha, não faças tal, porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus" (Ap 22.8, 9; cf. 19.10).

"Ninguém vos domine a seu bel-prazer, com pretexto de humildade e culto dos anjos, metendo-se em coisas que não viu; estando debalde inchado na sua carnal compreensão, e não ligado à cabeça, da qual todo o corpo, provido e organizado pelas juntas e ligaduras, vai crescendo em aumento de Deus" (Cl 2.18, 19).

"Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR, teu Deus, sou Deus zeloso..." (Ex 20.3-5).

"Não são, porventura, todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação?" (Hb 1.14).

Além desses versos, um sem-número de outros que condenam a angelolatria ou adoração a anjos pode ser encontrado na Bíblia. Veja mais alguns deles (Rm 1.25; 1 Co 8.5, 6; 1 Tm 4.1).

Apesar de a veneração a anjos ser condenada pelo Santo Livro, há um Anjo que, por várias vezes, aparece nas páginas sacrossantas. Este Anjo, com a letra "a" em maiúsculo, nada mais é do que o nosso Senhor Jesus Cristo, que aparecia, por vezes, em forma teofânica, isto é, em manifestações transitórias:

"E o Anjo do SENHOR a achou junto a uma fonte de água no deserto... Eis que o meu Anjo irá adiante de ti... o Anjo que me livrou de todo o mal..." (Gn 16.7; Ex 32.34; Gn 48.16).

Para obter um melhor esclarecimento, observe que o "nome" de Deus estava nesse Anjo: 

"Eis que eu envio um Anjo diante de ti, para que te guarde neste caminho e te leve ao lugar que te tenho aparelhado. Guarda-te diante dele, e ouve a sua voz, e não o provoques à ira; porque o meu nome está nele... Porque o meu Anjo irá adiante de ti" (Ex 23.20, 21, 23, grifo meu).

________________________________ 
PEARLMAN, Myer. Conhecendo as Doutrinas da Bíblia. São Paulo: Editora Vida, 2006 (413p).
BOYER, Orlando. Pequena Enciclopédia Bíblica. Rio de Janeiro: CPAD, 2008 (576p).

Nenhum comentário: