sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Não vos enganeis!


Alguns crentes da igreja de Corinto estavam sendo atacados por vários argumentos de seus "amigos" pagãos. Possivelmente arraigados na verdade da doutrina da ressurreição (1 Co 15), esses irmãos, de certa forma, estavam resistindo às falacias dos ímpios, a fim de agradar ao Senhor que os chamou. Neste ínterim, Paulo orienta-os a não se deixarem ser enganados por inverdades (1 Co 15.33a).

Na segunda parte de 1 Coríntios 15.33, outro fato importante é observado pelo apóstolo: "(...) as más conversações corrompem os bons costumes". Aqui, conversações significa "comunhão", "amizade" ou "companhia". No contexto bíblico, o doutor dos gentios quis enfatizar sobre o perigo e riscos de o cristão negar a ressurreição do Senhor - andarem dando ouvidos às más companhias (1 Co 15.20).

Não longe disso, sem necessariamente negarmos a ressurreição de Cristo, podemos, caso sejamos levados em roda por falácias deste presente século, também negar outras inegociáveis verdades das Escrituras (Jo 17.17; Mt 22.29), como também a nova vida em Cristo (2 Co 5.17; 1 Pe 1.15; Rm 6.4).

Acautelai-vos!

João Paulo M. de Souza

Nenhum comentário: