sábado, 4 de fevereiro de 2012

Cuidado com os falso$ profeta$ e o "manto finan$eiro"

Hoje, de manhã cedo, tive a oportunidade de assistir a um certo canal de tv, onde passou um programa de um certo teleenganador, que, por sinal, gosta de ensinar maracutaias financiais aos seus telespectadores, bem como "sugar" o que tem em seus bolsos. O aludido apresentador convidou um de seus "profetas financeiros" para, através de embustes ou barganhas com Deus, adquirirem "prosperidades".

No passado, eu até assistia pela tv as pregações do aludido apresentador. Suas prédicas eram assaz instrutivas e edificantes - apesar de ele, às vezes, utilizar-se de uma maneira não tão conveniente diante daqueles que lhe estavam ouvindo ou assistindo (Cl 4.6). Infelizmente, hoje, depois de ter se envolvido com pseudoprofetas - filhos da Teologia da Prosperidade -, não tem apresentado um comportamento digno da posição que goza (Gl 5.22).

Como disse antes, o seu programa tem servido de antro de falsos ensinos, levando miríades de pessoas ao erro doutrinário. Os seus "videntes espirituais" abrem a boca para transmitir "aquilo que as pessoas ainda não sabem lidar" - o "manto financeiro" -, insinuando que só eles detêm determinada visão e que só eles podem compartilhá-la com outras pessoas: "E também houve entre vós falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição e negarão o Senhor que os resgatou" (2 Pe 2.1).

Qual a intenção desses homens aparentemente piedosos? O apóstolo Pedro responde: "E, por avareza, farão de vós negócio com palavras fingidas" (2 Pe 2.3). Jesus também corrobora: "Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vem até vós vestidos como ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura, colhem-se uvas dos espinheiros ou figos dos abrolhos?" (Mt 7.15, 16). Em suma, eles querem só usurpar a "gordura" e o "leite" de suas interesseiras e incautas ovelhas.

Contrapondo-se aos falsos ensinos desse decaído pregador-apresentador, as Escrituras dizem-nos que a genuína prosperidade baseia-se apenas em Cristo (1 Jo 2.6), e não nas riquezas terrenas (Mt 6.19, 20). Está escrito em 1 Coríntios 1.30: "Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação e redenção; para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor". No Mestre, "estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência" (Cl 2.3).

Enriquecido por Cristo (2 Co 8.9),

João Paulo M. de Souza

Nenhum comentário: