segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Princípios para a interpretação das promessas bíblicas

  • Promessas feitas a indivíduos específicos não foram formuladas com a intenção de serem válidas para todos os crentes;
  • Promessas feitas aos israelitas do Antigo Testamento geralmente não se aplicam a pessoas de hoje;
  • Algumas promessas bíblicas feitas no Antigo Testamento são aplicáveis aos dias de hoje. Nessa categoria estão as promessas bíblicas baseadas na natureza de Deus, promessas com paralelos em o Novo Testamento e promessas gerais 'para os que confiam no Senhor';
  • Os 'ditos de sabedoria' do livro de Provérbios não foram escritos para serem considerados como promessas bíblicas;
  • Palavras ditas por seres humanos registradas na Escritura não são, necessariamente, promessas bíblicas;
  • Algumas promessas bíblicas são incondicionais, enquanto outras são condicionais;
  • Ao interpretar as promessas de Deus, tenha sempre em mente o que outras passagens sobre o mesmo assunto revelam;
  • Ao interpretar as promessas de Deus, deixe o contexto determinar o significado apropriado das palavras bíblicas.
_________________________

RHODES, Rom. O livro completo das Promessas Bíblicas. 1 ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, p. 27.

Nenhum comentário: