sábado, 24 de setembro de 2011

Bem-aventurado o varão que tem o seu prazer na Lei do SENHOR


Muitos querem ter a verdadeira felicidade. Mas será que a possuem realmente? Uma boa parte da sociedade pensa que a genuína alegria está confinada a um copo de cerveja, ou a uma baforada de cigarro ou afins, ou numa balada, ou até mesmo a uma vida promíscua e imunda. A bem da verdade, a concupiscência engana-os, "porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz" (Rm 8.6). "Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores" (Sl 1.1).

Para obtermos a verdadeira felicidade, devemos atentar para o que a Bíblia diz, no Salmo 1:

1. "Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios" (v.1);

2. "Bem-aventurado o varão... que não se detém no caminho dos pecadores" (v.1);

3. "Bem-aventurado o varão... que não se assenta na roda dos escarnecedores" (v.1);

4. "Bem-aventurado o varão... que tem o seu prazer na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite" (v.2);

Em Deus,

João Paulo M. de Souza

Nenhum comentário: