sábado, 13 de agosto de 2011

Deus não tem o culpado por inocente


Dia desses tive o dessabor de assistir a um vídeo chocante postado na internet. Nele, alguns jovens, precisamente em número de três, jogavam um certo líquido incendiário sobre um pobre e indefeso cãozinho. Como se  não bastasse atear fogo sobre o animal, ainda ficavam, satanicamente, comemorando o hediondo feito e sorrindo da situação deploratória. Depois de ver e analisar o video, lembrei-me da revelação escrita em 2 Timóteo 3.3, em que o apóstolo Paulo fala daqueles que, nos últimos tempos, seriam "sem afeto natural", ou seja, não sentiriam nenhum remorso pela maldade que fizessem a homens, a animais etc.

Mesmo que esses criminosos não sejam punidos pela justiça humana, certamente da de Deus não escaparão. Eles estão plantando o que mais tarde colherão: "Transtornados serão os ímpios e não serão mais" (Pv 12.7). "O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em força e ao culpado não tem por inocente" (Na 1.3).

Apesar disso, oremos por essas almas errantes, para que se arrependam dos seus pecados, confessando-os e encontrando a Verdadeira Vida, Jesus Cristo (Jo 14.6).

Em Cristo, 

João Paulo M. de Souza


Nenhum comentário: