sexta-feira, 15 de julho de 2011

Uma palavra aos pregadores

"O pregador precisa ser puro em todos os hábitos de sua vida. Pequenas raposas destroem a vinha. Ele não pode ter hábitos impuros nem vícios secretos. Deus abertamente exporá à vergonha pública aqueles que cometem pecados em secreto. A vida de Davi é uma ilustração dessa verdade (2 Sm 12.12). A exortação de Paulo a Timóteo é pertinente: "Fuja das paixões da mocidade". O pregador será privado do poder no púlpito se não for limpo em sua vida privada. Não poderá pregar ao povo com poder se sabe que sua vida é impura. A confiança do povo repreenderá a sua hipocrisia. Se um pregador não purificar a si mesmo, não será um vaso de honra nem poderá ser usado pelo divino Mestre para toda boa obra."

Por: William Evans

Nenhum comentário: