quarta-feira, 29 de junho de 2011

Pedro é a suma autoridade da Igreja?


Hoje, segundo o calendário, é dia de comemorar "Pedro". Segundo os líderes e fiéis de certa igreja, Pedro foi o primeiro papa, e, juntamente com João, fundou a Igreja. Segundo eles, o apóstolo de Jesus exerceu seu pontificado entre os anos 30 e 67 depois de Cristo; também é considerado como sendo o primeiro bispo de Roma, a despeito de não existir nenhuma comprovação histórica disto. O título de papa foi lhe dado cerca de dois séculos depois.

Segundo a Bíblia Sagrada, fonte inequívoca da verdade e única regra de fé e prática dos genuínos servos de Cristo, Pedro não foi o fundador da Igreja. A Igreja nunca foi fundada por homem algum! Ela tem como instituidor o próprio Deus. De acordo com as Sagradas Escrituras, Jesus é o único Fundador!

A Bíblia de Estudo Pentecostal, lançada pela Casa Publicadora das Assembleias de Deus, página 1421, comenta Mateus 16.18:

"O significado  desta passagem é que Cristo edificará a sua igreja sobre a verdade da confissão feita por Pedro e os demais discípulos, i. e., que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus vivo (v.16; At 3.13-26). Jesus emprega um trocadilho. Ele chama seu discípulo de 'Pedro'(gr. Petros, que significa uma pedra pequena). A seguir, Ele diz: 'Sobre esta pedra (gr. petra, que significa uma grande pedra maçiça ou rochedo) edificarei a minha igreja', i. e., sobre a confissão feita por Pedro.
    (1) É Jesus Cristo que é a pedra, i. e., o único e grande alicerce (1 Co 3.11). Pedro declara que Jesus é a 'pedra viva... eleita e preciosa... a pedra que os edificadores reprovaram (1 Pe 2.4, 6, 7; At 4.11). Pedro e os demais discípulos são 'pedras vivas', como parte da estrutura da casa espiritual (a igreja) que Deus está edificando (1 Pe 2.5).
   (2) Em lugar nenhum as Escrituras declaram que Pedro seria a autoridade suprema e infalível sobre todos os demais discípulos (cf. At 15; Gl 2.11). Nem está dito, também, na Bíblia que Pedro teria sucessores infalíveis, representantes de Cristo e cabeças da igreja. Tais ideias são injunções do homem e não a verdade das Escrituras".

Claramente, vê-se imposições humanas sobre os fiéis dessa igreja, que, por não entederem as evidências bíblicas, acabam aceitando normalmente "verdades" irreais. 

No tocante a Pedro, a Bíblia narra um fato para o qual os líderes dessa igreja deveriam atentar, bem como praticar. Em Mateus 8.14, fala que Pedro tinha sogra! No entanto, os líderes dessa igreja, vivem em estado celibatário! Na verdade, alguns é que vivem, visto os escândalos sexuais que eclodem por aí. Que contradição!

Em Cristo,

João Paulo M. de Souza 

Nenhum comentário: