ADMOESTAÇÃO

ADMOESTAÇÃO

sábado, 17 de julho de 2010

Procura-se Jesus em meio às pregações


Esta é uma historieta que enfatiza uma realidade nítida no meio evengélico.

Muitos, em nosso meio, dizem ter autoridade e poder de Deus em suas vidas. Mas quando observamos os seus passos, a situação é bem diferente... Alguns deles acham-se grandes pregadores e até recebem convites para pregar. Mas o teor de suas mensagens é oco, destituído de ensino bíblico. Seus trejeitos são bastante espalhafatosos, aparentam-se aos efetuados pelos animadores de circo.

A grande maioria do povo que vai a igreja gosta de ouvir "bençãos", e não gosta de ouvir uma ministração bíblica coerente e poderosa em Deus (Jr 25.3). Muitos crentes gostam de ouvir os animadores de auditórios, que gostam de interagir com o povo. A explanação da Palavra fica sufocada pelas invencionices deles!

O Senhor e Salvador Jesus Cristo deixou-nos um legado: "Ide por todo o mundo, pregai o Evangelho a toda criatura" (Mc 16.15). Observe que Ele disse "Evangelho" e não "modismos". "Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado", estas foram as palavras do apóstolo Paulo (1 Co 2.2). Filipe, um dos sete diáconos (At 6.5), levou a Palavra aos samaritanos. A sua palavra estava ensopada de Cristo (At 8.5).

Já estou cheio e cansado de ouvir pregações medíocres, ou seja, que deixam Jesus de lado. Cristo deve ser o tema central da mensagem! Ele é "poder de Deus e sabedoria de Deus... foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e rendenção; para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor" (1 Co 1.24, 30, 31). Aleluia!

Ávido de sempre ouvir acerca de Jesus Cristo,

João Paulo Marcolino de Souza

3 comentários:

Elton Morais disse...

Excelente o teu texto. Realmente procura-se Jesus nas pregações de muitos por ai. Mas, não só, procura-se Jesus nas pregações, mas na vida também.

Jesus continue te abençoando.

No Amor de Cristo,
Elton Morais

Pedro Henrique disse...

Caro Joao Paulo, a Paz do Senhor Jesus!

Maravilhoso texto. De fato, o Cristocentrismo está em extinção. O que vemos é uma "mistura" de antropo, ego e diabolocentrismos, com uma roupagem "evangélica".

Deus nos guarde disso!

Um forte abraço e parabéns pelo blog.

P.H.

João Paulo disse...

Amado Pedro Henrique, a paz do Senhor!

Obrigado pela força.

Que Jesus continue te abençoando!

JP