sexta-feira, 28 de maio de 2010

Uma Doxologia em Números

O SENHOR orientou Moisés dizer a Arão, seu irmão, e também aos seus filhos, que abençoassem os filhos de Israel com as seguintes palavras: “O SENHOR te abençoe e te guarde; o SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti; o SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz” (Nm 6.24-26). Esta é uma expressão de louvor, uma glorificação do nome do SENHOR (v. 27).

Reflitamos sobre essa doxologia:

O SENHOR abençoa (v.24). No mundo, nunca houve ninguém que fosse tão bondoso quanto o nosso Deus (Sl 136). Ele excede a todos em bondade (Na 1.7; Mt 19.17). Ele continua o mesmo: “Porque eu, o SENHOR, não mudo; por isso... não sois consumidos” (Ml 3.6).

O SENHOR guarda (v.24). Davi, num de seus Salmos, diz: “Guarda-me, ó Deus, porque em ti confio” (Sl 16.1). Noutro, afirma:

“Eu te amarei do coração, ó SENHOR, fortaleza minha. O SENHOR é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador; o meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio” (Sl 18.1, 2). 

Deus é o nosso “Rochedo”, nosso “Lugar Forte”, nosso “Libertador”, nossa “Fortaleza, nosso Escudo”, a “Força da nossa Salvação” e nosso “Alto Retiro”! Aleluia!

O SENHOR é misericordioso (v. 25). Deus é tão misericordioso, tão benigno, que “deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16). “As misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos; porque as suas misericórdias não têm fim” (Lm 3.22). “O Senhor é muito misericordioso e piedoso” (Tg 5.11); “E esta é a promessa que Ele nos fez: a vida eterna” (1 Jo 2.25).

O SENHOR dá a paz (v.26). O profeta Isaías disse: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Is 9.6). Cristo é o “Príncipe da Paz”, por esta razão devemos descansar em seus braços de amor. Ele é o único que pode nos dar a paz verdadeira (Jo 15.5).

O SENHOR abençoa, guarda, trata com misericórdia e provê a paz a todos os seus filhos.

3 comentários:

Elton Morais disse...

Ótimo texto, bastante edificante.

Jesus continue te abençoando e te dando sabedoria.


No Profundo Amor de Cristo,
Elton Morais

João Paulo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Paulo disse...

Muito obrigado Elton!

O Senhor Jesus tem sido gracioso para comigo!

Fica na paz de Cristo.

JPMS